terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Dezembro

Quem me acode à cabeça e ao coração
neste fim de ano, entre alegria e dor?
Que sonho, que mistério, que oração?
Amor.

(Carlos Drummond de Andrade)
Dezembro chegou. Daqui a pouco começamos a receber as mensagens de natal e de ano novo. Mais um ano que sei foi. A correria desse mês pra mim não vai deixar saudades. Vou quase que diariamente ao fórum e ao juizado de pequenas causas, ver se consigo desenrolar meus processos. A meta 2 implantada pelo Conselho Nacional de Justiça atrapalha a minha vida. Em breve terei que cancelar a minha OAB. Esse pode ser meu último mês completo em BH. Aos poucos e em silêncio vou me despedindo das pessoas e dos lugares. Dá nó na garganta. Não sei se volto a morar aqui. Tento focar no presente, e curtir o meu momento atual. Carpe Diem. O show do Jota Quest hoje a noite promete. É festa fechada, ingressos não foram vendidos. Aguardem as novidades...
Procuro uma alegria
uma mala vazia
do final de ano
e eis que tenho na mão
- flor do cotidiano -
é vôo de um pássaro
é uma canção.

(Carlos Drummond de Andrade)
Aproveitando o momento Drummond, e antes que todos tenham recebido milhões de mensagens de feliz ano novo, fica aqui a receita do mestre pra um belo 2010:
RECEITA DE ANO NOVO

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido
(mal vivido ou talvez sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?).
Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

14 comentários:

brandaopeixoto disse...

Então que venha 2010!!!!

=D

Juliano disse...

ótima reflexão.
Vamos acordar esse ano novo maravilhoso que temos dentro de cada um de nós.

Beijoooos

paula barros disse...

Olá, o mês de dezembro sempre nos inquieta. Sempre pensamos o passado, e o futuro.

Gosto da sua forma de escrever, de pensar a vida.

Tudo de bom, bom show.

Bela disse...

Uau! Que delícia em moça, adoro o Jota Quest. Aproveite bem o show e feliz 2010 pra ti tb.
Bjinhos ;)

Jou Jou Balangandã disse...

Marcelo, bem vindo ao Jou Jou ... e que venha 2010 mesmo!

Bjous

Jou Jou Balangandã disse...

Juliano, acho que por isso não curto muito o tal do Reveillon ... a coisa não está na folhinha do ano que vira, mas sim dentro da gente.
Obrigada pela visita!

Jou Jou Balangandã disse...

Ei Paula, bem vinda ao Jou Jou, e obrigada pelo elogio.

Volte sempre!

Bjous

Jou Jou Balangandã disse...

Ei Bela, o show foi fantástico, apesar do gostinho de despedida que teve pra mim.
Bjou

Dri Viaro disse...

Oi, passei pra conhecer o blog, e desejar bom dia
bjss

aguardo sua visita :)

** Juju ** disse...

Mulher pra onde tu vai??(pessoa mega curiosa, ja fica pentelhando..kk)
Linda mensagem do Drummond!!
Bjs

Jou Jou Balangandã disse...

Oi Dri, valeu a visita!

Obrigada!

Jou Jou Balangandã disse...

Juju, mais uma vez vou morar em BH e em SP ... mas ao que tudo indica é só ano que vem.

Bjo

Regina d'Ávila disse...

Jou JOu amiga,

Conte-nos..tudooooooo...
BH e SP, como é isto? hahaha...
Uma semana em cada cidade?
Vai matar os mineiros de saudade...sei que vai..
Beijossssssssss
Rê.

K. disse...

AAAhhh...só hoje vi esse post com carinha de triste...fica assim não Ju! Nova vida...cada saída de casa é um passeio afinal de contas Sampa tem muita coisa para se ver, conhecer, rever, reconhecer...vai ser muito legal! E depois quando a cara de novidade passar (o que duvido que aconteça) vc já vai pensar em BH como cidade de passear e rever amigos...olha que alegria de transformação...Curta cada tempo, cada instante, cada cheiro...e depois volte para passear e recordar. Tô na torcida...vai ser muito bom...eu sei disso!