terça-feira, 30 de junho de 2009

Virando a página e colhendo os lucros

"Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo.
A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as empresas, relacionamentos, pessoas e países, porque a crise traz progressos.
A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura.
É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar "superado". Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que as soluções.
A verdadeira crise, é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia.
Sem crise não há mérito.
É na crise que se aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro.
Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la".

(Albert Einstein)



Alguns amigos me falaram que a vida é como ondas ... bom, eu quase levei um caldo, mas já estou surfando de novo.

Na correria ... tenho audiência daqui a pouco.

6 comentários:

Anônimo disse...

Ótimo texto.

Baci

J.

Evandro Varella disse...

Assim como você, esse moço não era bobo não.
Bjs

Jou Jou Balangandã disse...

Vavá, fez um bem danado pro meu ego começar o dia com um elogio destes. Obrigada!

O Profeta disse...

Uma paixão desapaixonada
Uma razão desencontrada
Uma palavra vazia de sentido
Uma inquietação gerada do nada

A calmaria é o fim da tempestade
Ou será o princípio da tormenta?!
As velas recolhem o vento
Minha alma acolhe o que o coração inventa


Boa semana


Abraço

Beth Cerquinho disse...

Já amei o titulo do seu blog..e ainda sempre passo pra ler seus post..parabéns...um showmmm
Bjka e mega dia pra vc.

Jou Jou Balangandã disse...

Beth querida, obrigada pelo elogio e pelas visitinhas.
Volte sempre!