sábado, 9 de outubro de 2010

Holiday advice

O feriado oficial começou hoje, com um céu muito azul em BH, pedindo pra curtir outdoors activities. O meu feriado já começou há uns dois dias, com a chegada de um grupinho de teens. Pra quem ainda não começou a curtir o feriado, fica aqui um conselho recebido por email:

"Há determinadas mensagens que, de tão interessante, não precisam nem sequer de comentários. Como esta que recebi recentemente.
Li em uma revista um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. Aprendi, por exemplo, que se tivesse simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, nos últimos quarenta anos, teria economizado 30 mil reais. Se tivesse deixado de comer uma pizza por mês, 12 mil reais.
E assim por diante.
Impressionado, peguei um papel e comecei a fazer contas. Para minha surpresa, descobri que hoje poderia estar milionário. Bastaria não ter tomado as caipirinhas que tomei, não ter feito muitas viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que comprei.
Principalmente, não ter desperdiçado meu dinheiro em itens supérfluos e descartáveis.
Ao concluir os cálculos, percebi que hoje poderia ter quase 500 mil reais na minha conta bancária. É claro que não tenho este dinheiro.
Mas, se tivesse, sabe o que este dinheiro me permitiria fazer?
Viajar, comprar roupas caras, me esbaldar em itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que quisesse e tomar cafezinhos à vontade.

Por isso, me sinto muito feliz em ser pobre. Gastei meu dinheiro por prazer e com prazer. E recomendo aos jovens e brilhantes executivos que façam a mesma coisa que fiz. Caso contrário, chegarão aos 61 anos com uma montanha de dinheiro, mas sem ter vivido a vida.

"Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim ele saberá o VALOR das coisas e não o seu PREÇO"

Que tal um cafezinho?"

11 comentários:

Vavá disse...

Dinheiro...dinheiro...dinheiro....
Uma ferramenta que nos ajuda ou atrapalha.
Mas para que funcione é preciso que o ponhamos em movimento.
É o movimento que é importante, não o dinheiro. Estás certíssima. Aproveite.
Beijous e ótimo domingo!

O Antagonista disse...

É exatamente isso que pretendo ensinar aos meus filhos... o valor e não o preço das coisas.

abração!

Liliana disse...

joujouu
qto tempo nao passo por aqui ne?
Bela mensagem sobre viver bem!
adorei
otimo (restinho rss) feriado pra ti!
bjao

Liliana disse...

joujouu
qto tempo nao passo por aqui ne?
Bela mensagem sobre viver bem!
adorei
otimo (restinho rss) feriado pra ti!
bjao

Denise disse...

E não é então que eu ,cheia de defeitos que sou,soube nesse quesito ensinar algo de bom.
Meus filhos são felizes (OBAAAAAAAAAAAAAAAAA)

afagos de aprendiz

Cris Teles disse...

Muito bacana esse texto e a mais pura verdade! Ser feliz é o que importa, SEMPRE!

Beijos e bom restinho de semana! :)

Jou Jou Balangandã disse...

Vá, as coisas tem um valor, e não um preço. Acho que nunca li algo tão verdadeiro!!

Bjous

Jou Jou Balangandã disse...

Antagonista,
passei lá no seu blog, e adorei conhecer o seu espaço. Tá de parabéns tanto pelos ensinamentos paternos como também pelo blog. Volte sempre, mas não bata na minha parede com força, ok?

Bjous

Jou Jou Balangandã disse...

Lili, saudades de suas visitas por aqui, e também de ti!
Logo nos encontraremos!
Bjous

Jou Jou Balangandã disse...

Dê, ensinar isso a essa molecada algo de tão valioso não é tarefa simples não!!
Tá de parabénsssss!
Pround of you!!!

Jou Jou Balangandã disse...

Cris,
ser feliz e andar sempre pra frente!
Lindos dias pra vc também!!