segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Paradoxo do nosso tempo

Postei sobre o valor das coisas simples ontem, e hoje, ao abrir meu email, dei de cara com esse texto do George Carlin.
Fiquei satisfeita ao perceber que algumas passagens não são verdadeiras pra mim ... mas ainda tenho um caminho longo a percorrer.


Nós bebemos demais, gastamos sem critérios. Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e raramente estamos com Deus.

Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.

Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos freqüentemente.

Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; 

adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.

Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a
rua e encontrar um novo vizinho. 

Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.

Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.

Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo,
mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos
menos; planejamos mais, mas realizamos menos.

Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.

Construímos mais computadores para armazenar mais
informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos
comunicamos cada vez menos.

Estamos na era do fast-food' e da digestão lenta;
do homem grande, de caráter pequeno; 

lucros acentuados e relações vazias.

Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas
chiques e lares despedaçados.

Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral
descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas 'mágicas'.

Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na
dispensa.

Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te
permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar
'delete'.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas
não estarão aqui para sempre.

Lembre-se dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo,
pois não lhe custa um centavo sequer.

Lembre-se de dizer 'eu te amo' à sua companheira(o)

 e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, se ame...
se ame muito.

Um beijo e um abraço curam a dor,

quando vêm de lá de dentro.

Por isso, valorize sua familia e as pessoas que estão ao
seu lado, sempre!!!!!


15 comentários:

Saulo Nunes disse...

oi moça ! otima semana pa vc tbm!!!

ah! to seguindo seu blog ta mas depois eu lei melhor!!!

bjo!

Jou Jou Balangandã disse...

Saulo, muito obrigada pela visita, e por me seguir.
Volte sempre!

Daniel disse...

Muito bonito Jou Jou
Gostei mesmo e é verdade. Nossos valores foram invertidos, mas sabia que não me sinto tão culpado por isso? Pois somos obrigados a entrar nesse esquema e é difícil viver sem ele. Mas é claro que algumas coisas são fáceis de se mudar e eu tenho tentado.

beijos

Older disse...

Modernidade em nome de tudo.
Tudo é passageiro.
Rápido demais para ser assimilado.
Quando vc vê, já foi.
O simples está cada vez mais perdendo lugar.
Bjs e boa semana.

R.Vinicius disse...

Oi.

Ao que me cabe como palavra, devo dizer não apenas sobre o texto, mas sobre o ato de tê-lo postado (para os que não conheciam); esse ato em si é de grande importância. Agora fico a refletir. Ótima semana. Abraço.

MR disse...

Bom tema para reflexão.

Cris Teles disse...

As coisas simples são as mais extraordinárias e estão sempre ao nosso alcance, pena que nem sempre enxergamos isso...

Denise disse...

Que felicidade não ter me encontrado (nem vc a vc rs) em todos os intens ...UFA!

lindo demais sempre
Você e seu blog
carinho

Edson em viagem na California disse...

Muito legal este texto. Encaixou bem e vou mandar para outras pessoas.
Sucesso a vc...

Jou Jou Balangandã disse...

Cris, muito obrigada pela visita! A simplicidade é essencial para sermos felizes. Não entendo pq tantas vezes complicamos tanto!
Bjos

Jou Jou Balangandã disse...

Ed, aproveite MUITOOO a California. Ainda dou uma passada por ai.
Bjos

Jou Jou Balangandã disse...

A todos que passaram por aqui, fica o meu agradecimento!
Sem vcs, esse blog não teria sentido!!
Beijos grandes!

Denise disse...

Comentando o comentário
Jou Jou Jou Jou
acredite fiz o pedido para aquele velhinho esquecido.......logo apos o dia dos namorados,na esperança que na entre safra ele pudesse ,dessocupado q estava,atender-me.
Neca de pitibiriba
se em periodo fora do natal ele num atendeu vc acha q atendera qdo estiver assoberbado de serviço (tsc tsc tsc )

mas pede uai.........quem sabe.

depois se quiser ver.......a postagem é :
http://sualicia.blogspot.com/2009/06/pedido.html

beijocas
De

Katrina disse...

Ah, eu deixei a muito tempo de ser adepta de mensagens de auto ajuda

Cavaleiro dos Dragões disse...

Jou Jou
obrigado pela visita
um beijo no seu coração