segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Saber esperar

"Muitas vezes, passamos por situações que nem sabemos como reagir.
Queremos resolver tudo de uma vez.
A impaciência parece dominar os nossos movimentos.
Sentimo-nos incapazes de vencer os obstáculos.

As feridas são profundas e acreditamos que jamais cicatrizarão.
O sorriso dá lugar as lágrimas.
O nosso medo interno faz com que produzamos inúmeros fantasmas, que passam a
atormentar a nossa vida.
Os pensamentos são confusos.


Tudo a nossa volta, perdeu o seu encanto.
A ansiedade cresce a cada instante.

E a solidão nos domina e faz com que nos sintamos sós, mesmo quando rodeados de pessoas.
Quem nunca se sentiu assim?

Confuso, frágil e sem saber como explicar os próprios sentimentos?
Sem saber a direção a seguir?

A angústia torna-se insuportável.
E nesses momentos, a fé torna-se difícil.
E acreditar, mais ainda.
Porém, é preciso saber esperar.

Cada situação vivida, tem um porquê.
Se a dor aparece é para nos ensinar algo.

Se a doença surge é para que a nossa alma se cure.
Se o desespero chega é para que aprendamos a cultivar a esperança.
Sim, muitos são os momentos vividos.
Não importa se alguns são de intensa alegria e outros de profunda tristeza.
Nunca estaremos sós.

Devemos lembrar que o Cosmos estará sempre conosco.
E se permitiu que passássemos por grandes provações, foi porque sabe que somos capazes de vencê-las.
Devemos acreditar.

A vida sempre nos amadurece.
As perdas sofridas nos fazem reconhecer os verdadeiros valores espirituais.
Basta saber esperar.

Talvez seja difícil ouvir essa frase.
Mas tudo na vida precisa de tempo.
As grandes transformações requerem trabalho, perseverança, disciplina e confiança.

Nada muda de uma hora pra outra.
Só evoluímos quando aprendemos as lições mostradas.

Todos somos capazes de modificar o nosso caminho.
Mas para isso, devemos nos empenhar.
Devemos traçar os nossos ideais e aceitar os acontecimentos sem desespero.
Porque desse modo, iremos crescer.
E se mesmo assim, não conseguimos acreditar, basta olharmos para trás e percebermos o quanto já evoluímos.

O quanto de dificuldades já superamos.
O quanto conseguimos realizar.
E ainda há muito por vir, afinal a vida está em constante movimento.
E quando realmente arregaçarmos as mangas, somos capazes de contornar qualquer desafio.
Podemos atravessar as trevas.
Enfrentar a escuridão.
E superar a morte.

Porque somos sim, deuses.
E como deuses, podemos vencer.
O tempo nos mostrará isso.

E se o tempo parecer lento demais, lembremo-nos que o mestre só aparece quando o discípulo está pronto para aprender.

Que a subida se faz degrau a degrau.
Que tudo se renova, mas a renovação é feita aos poucos.
E sempre iremos nos renovar.
Novas alegrias virão, assim como, outras dores.
Porque só assim, compreendemos o significado da vida.
E é compreendendo que amadurecemos.
E se hoje, estamos desanimados, tenhamos fé, que amanhã as nuvens passarão.
Basta saber esperar... "


Autor desconhecido


6 comentários:

MR disse...

Lembrei do Buddha da Medicina lá no Maytreia. Por isso postei o email das causas das doenças.

VITOR disse...

Agora sei o quanto faz sentido a expressão: "mais vale um punhado de paciência do que um saco de sabedoria"
vitor

bibi4 disse...

esse texto parece que foi escrito pra gente!!!!!
bibi

Jou Jou Balangandã disse...

MR,
fico sempre muito lisonjeada quando vejo um email que eu te enviei no seu blog. Vc sabe que eu adoro agradar meus amigos, não sabe?

Bjous

Jou Jou Balangandã disse...

Vitor e Bi, não vou chamar vcs de companheiros para evitar conotações políticas, mas acho que pra quem está na nossa fila esse texto tem um sentido todo especial. Nossa espera está no fim. Em breve, vamos achar graça de tudo isso. O TRT 2 nos aguarda, só é preciso mais um pouquinho de paciência.
Fiquei feliz em ver vcs por aqui!
@--

Luciano Braz disse...

Inteligentissimo o texto.
Abraços amiga, felicidades e paz sempre!

Obrigado pelo carinho de sua visita viu!

Luciano Braz